segunda-feira, 27 de outubro de 2008

METÁFORAS DA PAZ

O fim de uma guerra é imundo.
Linda mesmo é uma flor
Que a sua beleza tem tudo
Para falar de paz e de amor.

Mas se vermos o oposto da guerra
Vemos a união, e bem capaz
De se compor nesta terra
As partículas de Amor e de Paz.

A Paz é um pássaro que voa.
É um olhar de apaixonados,
São as águas da lagoa
E nelas os peixes apressados.

É um rio caminhando de mansinho
Que na calma molha as pedras morenas
E toda essa calma no caminho
Embelezam as manhãs serenas.

A Paz é o verso que ensina,
É uma canoa em auto mar
E é uma criancinha
Que lentamente começa andar.

E é a conquista, o pão, a mesa,
É o fruto verde, ou já maduro,
E é a esperança acesa
Que a mãe incentiva seu filho ao futuro.

A Paz é o contrário da guerra,
É o amor, são as alegrias,
São todas as pessoas da terra
Em busca da união todos os dias.

Nenhum comentário: